Tuesday, September 30, 2008

Quem me conhece sabe da obsessão por documentário
e da minha admiração por Eduardo Coutinho e sua obra.
Sempre me perguntam onde encontrar seus filmes.
Por acaso achei um blog com seus principais filmes para download.
Acessem:
http://eduardocoutinho.blogspot.com/

os arquivos são de torrent.

Friday, August 29, 2008

Portfolio digital... continuação

Eu sei que não tenho nenhuma disciplina na atualização do blog, como “quase tudo em mi vida”, mas a idéia aqui agora é mostrar meus últimos trabalho de vídeo na forma de um Portfolio digital.

Mais alguma coisa você pode encontrar em:

www.youtube.com/nitxi









Tuesday, June 10, 2008

Portfolio digital

Gostei deste texto. Achei enquanto pesquisava sobre Portfólio.
Logo colocarei o link para o meu portfólio de video aqui.


Portfolio digital - Dicas para você fazer o seu, bem feito.

http://webinsider.uol.com.br/index.php/2005/03/03/portfolio-digital/

saiba mais...

Um portfólio é uma lista de trabalhos de um profissional ou empresa.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Portf%C3%B3lio

Sunday, May 25, 2008

"Na sua vida, presentemente, tudo estava algodoado ensurdecido, como se uma injeção de cocaína lhe tivesse insensibilizado a alma."
SIMONE DE BEAUVOIR

Thursday, March 20, 2008

PARA QUE SERVE UM PRODUTOR DE TV?

Se está não for uma pergunta filosófica – do tipo para que serve ou que acrescenta ao pensamento humano – um produtor de televisão, eu responderia: serve para tudo, caso o contrário, diria que para nada.

O Produtor em geral, não só o de TV, como o de cinema, de evento, ou produtores culturais, são na verdade as pessoas que tornam possível a realização. Que “produzem”. Mas produzem o quê? Tudo o que precisa ser feito para que o projeto ou produto ou evento seja realizado.

Existem produtores específicos como um produtor executivo, ele trata da parte do dinheiro, faz o orçamento, paga todo mundo, pega as notas ficais para prestar contas com o patrocinador. Tem o produtor de cast que cuida da equipe de atores (o cast), tem a liberdade de escolher um perfil e sugere ao diretor opções. Geralmente para este cargo procuram pessoas que tenham trabalhado com teatro e que de preferência tenha o DRT de ator. Ah, o DRT! Tão cobiçado DRT. Mas já volto para falar dele.

Como outras categorias o produtor tem um caminho a ser seguido, geralmente, começam como assistente de produção. Logo que deixam de ser estagiários. Depois de mais o menos 3 anos exercendo esta função, passam a produtor júnior e com mais 3 anos, chegam ao que chamam de produtor sênior. O termo não é muito usado. Contudo para que isto aconteça tem um porém... As grandes empresas de comunicação, principalmente as emissoras, trabalham com administradores de estágios, o que é isto? São empresas, tipo o Nube e CIEE, que lidam com toda a parte relacionada ao estágio, até mesmo o contrato e o pagamento é feito através deles. E o que isto implica?

Que para você iniciar essa caminhada dentro de uma grande empresa o processo mais fácil é começar entrando em contato com uma destas agências. O problema é que para isto você tem que estar cursando uma universidade ou faculdade de comunicação social. Depois, para você perseguir em sua carreira, como assistente de produção, é preciso o tal do DRT (se eu não me engano DRT quer dizer direito de registro trabalhista) – quem emite o DRT é o Ministério do Trabalho. Mas se você não concluiu o nível superior e tenha um diploma que garanta o seu conhecimento, você precisa que o sindicato dos radialistas emitam uma carta para o Ministério dizendo que você está apto a exercer o cargo (isso serve apenas para assistente de produção). O processo só acontece se vc já estiver no 3 ano da faculdade e, claro, pague uma taxa de R$ 70. Se for o caso de você ter acabado a faculdade, é só ir com o diploma do Ministério do Trabalho que vc poderá retirar o DRT pleno, ele permite o exercício para a atividade remunerada no campo da comunicação social como: produção, direção ou edição.

Por outro lado, o sindicato também investiga se as pessoas que trabalham em empresas de comunicação tem DRT. Por isso, hoje em dia, é necessário fazer uma faculdade para ingressar nesta área. Ou um curso técnico de especialização em alguma área como editor, maquiador, operador de áudio etc... qualquer coisa que lhe dê um DRT especifico.

Qual é o material de trabalho de um Produtor? Hoje eu diria que é um celular. Um produtor sempre tem que estar em contato com as pessoas relacionadas ao projeto, por isso, o celular facilitou muito as coisas. Mas também não adianta estar com o celular na mão e não resolver os possíveis problemas que acontecem em todas as produções. Logo, o produtor além do celular tem que estar com sua agenda de contatos sempre em mãos, lá vai ter desde o telefone do eletricista até um possível substituto para cada uma das funções que o projeto vai ter.

Outra coisa que ajuda muito o produtor a evitar possíveis erros é a cópia do roteiro ser atentamente estudada pelo produtor. Assim é possível identificar alguma necessidade na hora da gravação, por exemplo.

Ser produtor, é uma atividade bem dinâmica, com pico de atividade e marasmo (espera mesmo). Mas em produções de televisão principalmente programas, como se repetem: todos são exatamente igual, todas as vezes, o trabalho pode se tornar cansativo. Isso porque a velocidade da televisão faz com que o número de produção de programas seja muito grande. Veja o exemplo do programa Vídeo Show da TV Globo, quantos programas já não foram para o ar? Isso faz com que o produtor tenha uma fórmula pronta para fazer as coisas. Uma verdadeira receita de bolo. Que você realiza sem pensar e que algumas vezes podem comprometer a qualidade do conteúdo dos programas. Por que para produzir conteúdos interessantes você precisa de tempo. E na televisão você geralmente não tem tempo. Principalmente porque tempo é dinheiro.
Como costumamos dizer nesta área de vídeo, qualquer coisa, mas qualquer coisa mesmo que você queira realizar é possível. Só precisamos ver quanto tempo e quanto dinheiro temos.

Friday, January 25, 2008